Google+ Badge

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

O QUE OS OLHOS NÃO VEEM...

 O CORPO SENTE. PELO MENOS O ASSUNTO É ÁGUA POTÁVEL. HÁ ANOS PESQUISADORES OBSERVAM AS SUBSTÂNCIAS CONTIDAS NAS ÁGUAS QUE INGERIMOS (NATURAL, MINERAL OU DA TORNEIRA), A FIM DE ENTENDER SE HÁ RELAÇÃO DESSES COMPOSTOS COM SAÚDE.
  UM DELES É WILSON JARDIM , QUÍMICO DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS (UNICAMP): "EXISTE UMA SÉRIE DE SUBSTÂNCIAS QUE ENCONTRAMOS NA ÁGUA EM PEQUENAS QUANTIDADES E QUE, SEGUNDO A LEGISLAÇÃO ATUAL BRASILEIRA, NÃO SÃO PROIBIDAS. AINDA NÃO SABEMOS AO CERTO QUAIS AS CONSEQUÊNCIAS DO CONSUMO DESSES COMPONENTES A LONGO PRAZO, MAS JÁ HÁ DADOS CONCRETOS MOSTRANDO QUE AFETAM COMUNIDADES AQUÁTICAS", EXPLICA. 
  NOS TESTES JÁ REALIZADOS, FORAM ENCONTRADOS HORMÔNIOS SINTÉTICOS E NATURAIS, FÁRMACOS, REQUÍCIOS DE PRODUTOS DE HIGIENE PESSOAL, ANTIBIÓTICOS , FRAGRÂNCIAS, DETERGENTES, ENTRE OUTROS ELEMENTOS. ISSO TUDO NAS ÁGUAS POTÁVEIS, OU SEJA, NÃO ESTAMOS SEGUROS QUANTO A QUALIDADE DO QUE INGERIMOS. E, PELO MENOS ATÉ AGORA, NÃO HÁ NADA QUE O CIDADÃO POSSA FAZER PARA TER ÁGUA MELHOR. 
  "TEM SIDO CADA VEZ MAIS COMUM O DIAGNÓSTICO DE INFLAMAÇÃO DE TIREOIDE, POR EXEMPLO. O QUE ERA UM PROBLEMA ESSENCIALMENTE FEMININO TEM AFETADO UM NÚMERO CRESCENTE DE HOMENS. ALGUNS ESTUDOS RELACIONAM O AUMENTO DESSE MAL AO EXCESSO DE IODO.- CUJO CONSUMO CRESCEU DRASTICAMENTE NOS HÁBITOS ALIMENTARES DOS HUMANOS. ALGUNS PESQUISADORES RELACIONAM O IODO EM   EXCESSO À ÁGUA DA TORNEIRA, QUE CONTÉM UM VALOR ELEVADO DESSA SUBSTÂNCIA", EXPLICA O CLINICO GERAL PAULO OLZON. 
  PARA JARDIM, O MINISTÉRIO DA SAÚDE PRECISA INVESTIR EM PESQUISAS E CERTIFICAR A QUALIDADE DA ÁGUA QUE OS BRASILEIROS BEBEM. " A LEGISLAÇÃO VIGENTE É ANTIGA, E PRECISA SER REVISTA", CONCLUI O ESPECIALISTA.
  

Um comentário:

Fauna e flora- e outros disse...

FONTE: VIVASAÚDE- EDITORA ESCALA

Postar um comentário